Home Office, Happy Office

Não, nós sabemos que nem toda hora no home office é happy hour.

Apesar das suas vantagens, o home office às vezes pesa.

Por isso, que tal transformar esse ambiente em um lugar um pouco mais leve e relaxante?

Afinal, a casa é sua.

Então, você, mais do que ninguém, tem que se sentir bem-vindo.

Bora deixar esse ambiente a sua cara?

Uma dica é começar adicionando um pouco de cor ao seu entorno.

Trocar capas de almofadas e usar algumas mantas coloridas sempre ajuda a levantar o astral, sem dar muito trabalho.

Pode exagerar na cor. Depois, para reuniões mais sérias, é só usar um filtro.

Uma xícara de café bem-humorada e uma bandeja colorida incentivam a uma pausa entre as reuniões.

E, por último, em dias mais conturbados, que tal acender uma vela aromática para espantar a energia negativa do ambiente e mudar o astral? Além de deixar o cheirinho do escritório uma delícia, você pode até praticar uma rápida meditação da vela observando sua chama. E seja bem-vindo à sua casa.

Ding dong – chegou visita.

Tocou a campainha – e agora?

Você pode estar preparado, mas sua casa também está?

Para quem gosta de receber, fizemos uma listinha básica de itens importantes.

  1. – Checar se a roupa de cama está trocada – nada melhor para o hóspede do que chegar e ter uma cama fresquinha esperando por ele.
  2. – Deixar um jogo de toalhas para cada pessoa. Na Trousseau, personalizamos toalhas – fica muito especial mandar bordar “Guest” por exemplo nas toalhas exclusivas para as visitas.
  3. – Abastecer o banheiro com itens essenciais – trocar o tapetinho e renovar itens como pasta de dentes e papel higiênico.
  4. – Deixar um perfume ambiente para que o quarto fique ainda mais acolhedor.
  5. – Colocar uma mantinha disponível sobre a cama – vai que seu hóspede é friorento, né?
  6. – Deixar uma bandeja com uma garrafa de água e copos ao lado da cama.
  7. – Quanto à comida, abasteça a geladeira – lembrando que é sempre importante perguntar se a pessoa tem alguma restrição alimentar. É simpático deixar snacks e chá ou café disponíveis para que a visita possa pegar sem cerimônia.

    Por último, e o mais importante: divirta-se. É sempre bom abrir nossa casa para quem amamos.

Tem um bebê em casa! E agora?

Desde aquele “positivo” no exame de gravidez, são descobertas atrás de descobertas.

Um bebê que chega traz um milhão de novidades.

Novos itens na casa, novas roupas, novos hábitos, uma nova rotina e um novo amor.
Pensando nisso, temos uma linha de roupinhas e acessórios para bebês – para que você possa ficar tranquila e focar só na parte do novo amor mesmo.

Em um mundo de surpresas, é bom escolher bem algumas coisas: o bercinho do seu bebê, a naninha dele (a última coisa que você precisa são noites mal dormidas agora), suas roupinhas, jogo de cama e seus bichinhos favoritos.

Criando um ambiente confortável para ele, você pode focar nas descobertas deliciosas: o primeiro sorriso, primeira engatinhada e toda a lista de primeiras coisas que ainda estão por vir. E pode ter certeza: seu bebê nunca vai parar de te surpreender.

Para todo tipo de mãe

Tem mãe que é amiga, tem mãe que é confidente, tem mãe que é coruja, tem mãe que é pai também.

Tem avó que é mãe, tem mãe que já é avó.

Mãe é uma palavra, mas tem mil significados diferentes:

Colo, porto seguro, acolhimento, BFF, única, parceira, luz, proteção.

Que palavra define a sua mãe?

Já pensou em definir a sua em um bordado? Na Trousseau, tem um presente que as mães estão amando (independente de que tipo de mãe ela for): as almofadas personalizadas.

Você escolhe a mensagem que quer bordar, e é só deixar com a gente.

E, se for difícil definir a sua com só uma palavra, a sorte é que no sofá de mãe é igual seu coração: sempre cabe mais um. Desejamos um feliz Dia das Mães, a todos os tipos de mães que há.

O friozinho chegou

Já fechou as janelas? Pois é. Ele está aí, mas ainda dá tempo de se preparar para o outono e inverno desse ano.

A gente nota o friozinho chegando e mudando as coisas lá fora: dias mais curtos, temperaturas mais amenas… a natureza vai se transformando. As folhas mudam de cor, as árvores trocam sua folhagem, a cor do céu ganha outro tom.

E, da porta para dentro, nossa casa também se transforma: é hora de colocar cobertores nas camas, espalhar mantas pelos sofás… até trocar a capa das almofadas por um tecido mais aconchegante, quem sabe.

Afinal, se a natureza troca de roupa para a nova estação, por que a nossa casa não deveria? Foi pensando nisso que a Trousseau lançou sua nova coleção de inverno. Para que você e sua casa também se transformem nessa temporada.

Autocuidado dura o ano inteiro

Sim, no verão é mais fácil lembrar de cuidar da pele – estamos sempre com protetor solar à mão, chapéus, hidratantes, etc.

Mas autocuidado não tem hora nem estação do ano, não.

Não dá para abandonar até o próximo verão chegar.

Até porque, no inverno nossa pele fica super sensível. No frio, tomamos banhos mais quentes, ressecando a pele. Quando vamos para temperaturas extremas, é ainda pior.

Então, renova essa necessaire, faz o seu skincare e não esqueça de garantir toalhas de rosto macias e aconchegantes – afinal, todo mundo quer um aconchego no friozinho, né?

E, se for tomar um bom banho de banheira, não esqueça de acender uma das nossas velas perfumadas.

Ahhh, o inverno.

Nosso mundo exterior é um reflexo do nosso mundo interior.

Por isso, às vezes, a melhor forma de ordenar as coisas é começando pelo que cabe no nosso campo de visão.

Já percebeu? É mais difícil parar e meditar, acalmar a mente e organizar os pensamentos se, ao abrir o olho, está tudo uma bagunça.

Arrumar nosso armário é também organizar nossas gavetas internas. É colocar, pouco a pouco, as coisas no lugar.

Fazer uma limpeza e doar coisas que não usamos também ajuda a movimentar energias internas que estão estagnadas e abre espaço – tanto no armário quanto em nossas vidas.

Por isso, se você está precisando colocar ordem na sua vida, fica a nossa dica: comece pela sua casa.

Aí sim, quando estiver tudo organizado, virão as coisas boas: os pensamentos, as energias e, no caso do seu lar, as visitas.

Receber é criar

Tem coisa mais criativa do que receber? 

As duas coisas são praticamente equivalentes. Quem recebe cria: momentos, lembranças, memórias, experiências, laços. 

Vai receber os amigos do seu filho para um sleepover? Com algumas mantas e almofadas você cria um acampamento inteiro na sala. 

Vai receber um date para um filme? Uma mantinha no sofá cria um ambiente muito mais aconchegante. 

Vai receber amigos para um happy hour? Prepare uma bandeja de aperitivos e crie o ambiente perfeito para relaxar depois de um dia puxado. 

Um lavabo com toalhas bordadas, uma sala com velas perfumadas, uma mesa com a louça que é a cara dos convidados… tudo isso cria uma experiência ainda mais gostosa para todos os envolvidos. 

E, se você quiser um parceiro para criar ao seu lado, já sabe: na Trousseau tem tudo o que você precisa para receber. 

Sua casa é sua obra de arte

Nossas casas são como uma tela em branco.

Um espaço livre para criar.

Para dar a nossa cara. Nossa personalidade.

Mas, por onde começar?

Nem sempre o toque de cor e de arte precisa vir de quadros.

Às vezes, ela vem de locais muito menos óbvios. De detalhes.

Uma capa de almofada muda toda uma sala.

Uma manta transforma um quarto.

E com esses detalhes, o céu é o limite: estampas, texturas, tamanhos…

Para.

Respira.

Antes de ler esse texto, feche os olhos e faça 10 longas inspirações e respirações.

Pronto.

Agora, vamos falar de pausas.

5 minutos do seu dia. 3 minutos, se 5 parecem muito.

Ou 1. 1 minutinho.

O tempo de acender uma vela.

Respirar mais fundo.

Ajeitar a coluna na cadeira.

1 minuto que muda às 24h horas do seu dia.

Mais do que trazer mais funções para sua vida, esse texto tem como objetivo tirar compromissos dela.

60 segundos de férias. Ou mais, se você tomar gosto pela coisa.

Comece por uma velinha aromática. Olhe para sua chama. Isso é uma forma de meditação: se chama Trátaka.

Mas, ao invés de fechar os olhos, você mantém o foco na chama, sem piscar, até quando aguentar.

Experimente a liberação de tirar os olhos da tela por alguns segundos.

E comece a introduzir mais pausas ao longo do seu dia. São elas que ajudam a gente a seguir.