Amor compartilhado

A casa da gente sempre foi muito mais que um porto seguro – e no cenário atual, ela teve que se adaptar para receber as atividades de trabalho e de estudo. A reconfiguração dos lares virou regra, mas nem por isso perdeu o charme e o toque acolhedor de antes. Crianças e jovens transformaram os quartos em extensões das salas de aula, enquanto os pais ocuparam o living e até as varandas para as reuniões de negócios. As atividades cotidianas se tornaram colaborativas e as famílias voltaram a se reconectar. Para aproveitar o melhor desse cenário, a dica é manter o foco e viver o presente com positivismo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *