O que vem por aí?

Ainda não sabemos como será o dia seguinte, mas estamos certos de que muita coisa vai mudar – a começar pela forma como enxergamos o mundo. Talvez a gente descubra que o tempo age a nosso favor, e que os encontros jamais devem ser adiados. Na verdade, o isolamento social comprovou que a interface digital está longe de substituir o contato humano. Daqui para frente, a vida precisará de leveza, de mais empatia e de colaboração. Os valores também serão repensados, do consumo frenético à forma como tratamos a natureza. Então, é hora de aproveitar esse momento para refletir e trabalhar em novos propósitos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *